6 de nov de 2009

Foi Apenas um Sonho

Revolutionary Road, 2009, 119 minutos. Drama.

Indicado a três Academy Awards, incluindo Melhor Ator Coadjuvante (Michael Shannon).

________________________________________________

Doze anos após o primeiro - e até então único - encontro nos cimemas, um dos casais mais famosos, senão o mais famoso, uniram-se novamente para estrelar Foi Apenas um Sonho, baseado na obra escrita de Richard Yates, que vendeu as adaptações em 1967, mas somente vimos o livro transformado em filme todos esses anos depois. Vemos aqui a história de Frank e April Wheeler, um casal jovem e disposto a viver a vida intensamente; com filhos e residindo na Rua da Revolução, num condomínio suburbano bem tranquilo, os dois percebem que estão a desperdiçar seu tempo limitando suas emoções, pois definitivamente estão numa rotina assustadora, que os impede de serem felizes em seu casamento. Surge, então, por parte de April, a ideia de resgatarem de alguma forma tudo aquilo que perderam e também salvar aquilo que perderiam. Aos poucos, descobrem que algumas mudanças não acontecem facilmente.

O primeiro elogio - que quero que compreendam como imenso - vai para a atuação do casal principal. Kate Winslet e, principalmente, Leonardo DiCaprio brilham de maneira excepcional nessa obra, nos colocando lado a lado a toda emoção que sentem, sendo capaz de nos transportar para dentro de si, nos permitindo ver não de fora, mas de dentro deles; assim compreendemos o que cada um sente em relação ao outro e como o desespero imposto pela rotina desestruturou o relacionamento deles. Como eu disse acima, o casal simplesmente domina todas as cenas e aqui eu quero comentar a minha desaprovação em relação às escolhas da Academia. Kate Winslet pode estar realmente bem em O Leitor, mas é por esse filme que ela deveria ter sido indicada, uma vez que April, sua personagem, é uma das mais belas composições que Kate já realizou. Se achassem que O Leitor também merecia uma indicação, que o incluíssem na categoria Melhor Atriz Coadjuvante - até porque Hannah Schmithz é coadjuvante - e indicassem esse na categoria Melhor Atriz. Tantas outras atrizes já receberam duas indicações no mesmo ano, por que Kate não poderia? Ainda não tive a oportunidade de assistir a todos os filmes cujos atores foram indicados como Melhor Ator, mas Leonardo DiCaprio certamente devia estar na lista, pois nenhum dos dois atores dos filmes a que eu assisti que receberam indicação- o Curioso Caso de Benjamin Button e O Lutador - fizeram um trabalho melhor que o dele. Assim, acredito que a Academia o ignorou por algum motivo, talvez a fim de poder indicar dois atores que ainda não tinham recebido indicações. No entanto, Foi Apenas um Sonhou rendeu a Michael Shannon, intérprete de John, sua primeira indicação. O ator não aparece tanto, duas ou três cenas no máximo, mas sua presença é bastante perturbadora, já que profere verdades de maneira crua, chocando não somente os personagens ao redor como também o espectador, que aguarda ansioso a qualquer reação, seja ela positiva ou negativa. Afirmo que, diferentemente de outras indicações, como a Viola Davis, pro Dúvida, a de Michael Shannon tem justificativa e é válida, embora, logicamente, não havia como ele tirar o prêmio das mãos - no sentido figurado, obviamente - de Heath Ledger. O filme ainda conta com Kathy Bates no elenco, embora sua participação seja bem pequena. Atentem para o fato curioso: DiCaprio, Winslet e Bates estão presente aqui como estiveram presentes doze anos antes em Titanic.

Eu acredito que esse seja um filme que aborda, sobretudo, aspecto humanos quanto à convivência. É extremamente perpectível que Frank causa mal à April e ela faz o mesmo a ele, mesmo quando tentam se ajudar, devido às contradições comportamentais e às aspirações diferentes. Dessa maneira, pouco a pouco, somos apresentados a cenas difíceis, bastante complexas e absurdamente densas, que exibem com perfeição o definhamento de uma relação. Uma das melhores descrições que podia haver para o casamento tempestuoso de Frank e April é a cena em que John grita com os dois durante um almoço, explicando o porquê de o casamento dos dois ser um fracasso. O roteiro conduz bem as cenas, conectando-as muito bem e o diretor, Sam Mendes, fez um trabalho primoroso, conduzindo excelentemente os atores, mantendo-os na linha desejada. A trilha sonora é fantástica; às vezes, temos a impressão de que nada resta senão a música, tamanho o vazio que a cena representa. Pode-se ver isso com precisão na última cena ou após a grande discussão entre Frank e April. Não acho, porém, que Foi Apenas um Sonho seja um filme maravilhoso; não me resta dúvidas de que seja um excelente drama, mas isso se deve mais à atuação dos atores do que ao filme em si.

Devo dizer que todos os fãs de filmes devem assistir a esse filme, pois não se pode deixar passar a oportunidade de rever Winslet e DiCaprio numa produção tão boa, dando o máximo de si mesmos para compor seus personagens. Ironicamente, se em Titanic eles eram um casal profundamente apaixonado, aqui são o oposto. São filmes definitivamente antitéticos acerca das situações, embora sejam extremamente recomendáveis como dramas; curioso notar também que há inúmeras outras oposições ao longo das obras e simultaneamente inúmeras semelhanças: eles lutam pra ficar juntos, amam-se e não sabem como alterar as adversidades, sofrem por esse sentimento, um morre. Triste, porém cruelmente real. Em ambos os casos.

Luís

________________________________________________
Ouvi uma vez que esse filme seria mais ou menos a continuação de Titanic, se tudo tivesse dado certo, uma teoria interessante se formos analisar o comportamento da maioria dos casais, mas divagações a parte, o que chama a atenção para esse filme certamente não é a estória, mas sim o casal principal, pois é a primeira vez que Leonardo DiCaprio e Kate Winslet se juntam depois de um dos filmes mais famosos da história, e já citado acima: Titanic. Também é incrível ver como as atuações de certos atores e atrizes têm a capacidade de deixar o enredo em segundo plano. E é isso que acontece em Foi Apenas um Sonho.

O enredo é bem interessante, e o diretor Sam Mendes soube trabalhá-lo muito bem juntamente com os outros elementos do filme tornando-o, certamente recomendável. Frank e April são jovens sonhadores que se conhecem e se amam a primeira vista. O que eles aprendem com a maturidade do matrimonio é que nem tudo são sonhos e uma vida normal para um casal despreparado pode ser bem sofrida, principalmente quando os dois elementos do casal têm visões diferentes do futuro.

Leonardo DiCaprio prende a total atenção do telespectador com seu personagem. Frank é por vezes infiel e machista, mas sua atuação mostra o que há de mais humano por trás do personagem, e se não gostamos do personagem, pelo menos o entendemos. Enquanto isso, Kate Winslet dá um show de atuação, daqueles que dá gosto de se ver, no entanto discordo que sua atuação tenha sido melhor que em O Leitor. April, sua personagem se mostra uma mulher forte que agüenta toda a pressão a qual é submetida, agüentando seus filhos, seu marido, ou seja, sua vida normal, enquanto gostaria de estar longe dali, e depois que terminei de ver o longa, tive certeza que Kate Winslet se saiu melhor em cena do que seu parceiro de filme. Além dos dois personagens principais, há ainda Michael Shannon que recebeu uma indicação ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante, e depois de visto o filme, vi que ele realmente mereceu a indicação, pois seu trabalho no filme é fantástico, e por fim, há Kathy Bates que também estava no elenco de Titanic interpretando a mulher que dá o terno a Jack. Sua atuação também é bem satisfatória e se mostra interessante pela sua ambigüidade (ou talvez falsidade mesmo).

A melhor cena do filme talvez seja interpretada por Kate Winslet. April está parada olhando pela janela e gotas de sangue começam a pingar no chão. Quem assistiu ao filme, certamente sabe a cena a qual me refiro e entende o contexto na qual está inserida. A cena é belíssima, muito subjetiva, e mostra a frieza com que o ato foi pensado quando ela liga para a emergência e pede uma ambulância informando seu endereço, que dá nome ao filme no original (Revolutionary Road) para que essa venha buscá-la.
Renan

15 opiniões:

Marcelo Augusto Cetreus disse...

Primeiramente, resenhas geniais. Fluiu muito bem, eu continuei lendo e me interessando e simplesmente foi muito bem escrita - as duas foram!

Sim, a primeira coisa que pensei foi: O mesmo casal está de volta. E somente isso já despertou em mim uma verdade intoleravel de querer ver Foi Apenas Um Sonho.

A história, pelo que vocês contaram, me parece um drama intenso e certeiro, causando inclusive incomodo por ser tão astuto e sutil.

Sou apaixonado por filmes assim e por isso estou realmente atiçado para ver este filme! Como o arranjo? Não tem para alugar nessas redondezas.

Eu vou encontrar! Kate é encantadoramente apaixonante! Céus, preciso ver esse filme!

Se vocês queriam me ver atiçado, acreditem, conseguiram!

Abraços ;P

PS: O clube virtual está sim em ANDAMENTO! Eu preciso de apoio para sugerir o primeiro filme, e todos aqueles que o vissem poderiam mandar as resenhas e então criaríamos um post sobre essa discursão!
O que sugerem?

;D

Roberto F. A. Simões disse...

Optei por não ler as vossas críticas, pois ainda não vi o filme. Mas dados os actores e o realizador, espero um grande filme ;)

Cumps.
Roberto Simões
CINEROAD – A Estrada do Cinema

Alex Gonçalves disse...

Ao contrário de vocês, Renan e Luís, não apreciei o filme tanto assim. Para falar a verdade, acredito que Sam Mendes deu um tratamento bem artificial dos conflitos entre um casal que vê o próprio relacionamento e a própria vida em frangralhos. Como é que ele pode ignorar, por exemplo, a situação dos filhos de April e Frank diante de tanta infelicidade? O filme só atinge algum ponto forte quando Michael Shannon está em cena, pois de fato existe aquele choque quando o seu personagem prolifera todas aquelas verdades e mentiras presentes no cotidiano daquela família.

K∂riиє* disse...

To chocada com seu blog.
Sempre ,desde que vim morar fora,os filmes eram lancados por aqui antes de chegarem no Brasil e acredita que nem ouvi falar sobre esse ?
Nao gosto dela,mas nao posso ignorar o fato de que ela fez com perfeicao The Reader. Ja do Leonardo eu sou fa.
Assim que tiver a oportunidade verei esse filme !
Valeu a dica.

P.s. Voce acha muito abuso ,se quando vc postar sobre um filme colocar o titulo original tambem?
Fica mais facil de procurar,as vezes a traducao nao tem nenhum sentido com o titulo verdadeiro ! ;)

Beijos Meus

K∂riиє* disse...

Agora que vi que o titulo esta abaixo da foto !

Obrigada !

Anônimo disse...

Já haviam me dito para assistir, mas precisava de comentários bem convincentes, adorei a forma com que você nos apresentou o filme, deu muita vontade de ver, parabéns ótima resenha.

BLOGdoRUBINHO
www.blogdorubinho.com.br
www.twitter.com/blogdorubinho

Joice disse...

Bom, a teoria de que esse filme é a continuação de Titanic é minha caro Renan, mas enfim, isso não entra em questão; O fato é que não achei o filme tão bom assim, concordo em ser denso e na atuação dos dois estar muito boa, mas não sei.. faltou algo, o filme não tem movimento (apesar das brigas), parece um tanto irreal em determinadas partes. Continuo preferindo Titanic e O Leitor, mas obvimente vale a pena ver, afinal, não vemos o que teria acontecido se o Jack não tivesse morrido todos os dias =)

K∂riиє* disse...

Acredite se quiser,vou la locadora ja' ,vou assistir a noite e amanha venho aqui pra dizer o que eu achei !!! \o/

Cristiano Contreiras disse...

Este filme é realmente muito bom, concordo em praticamente tudo que foi exposto - muito bem desenvolvido - por vocês dois.

Contudo, acho que o Oscar por O Leitor foi algo mais sentimental mesmo, pois a personagem é mais marcante que a do Foi Apenas Um Sonho.

Eu acho um ótimo filme e DiCaprio já passou da vez de levar seu Oscar.

Abraço

Wanessa . disse...

Parece muito bom, vou procurar assistir :D

Sopa disse...

eu já assisti;
e poxa, que dizer desse filme né..

foi mto bom, eu recomendo
e concordo com a critica sobre o filme
e um dia o DiCaprio leva o oscar dele *-*

continue com boas criticas..
estou seguindo, pois vale a pena seguir.

abraços

Marcelo A. disse...

"Foi Apenas Um Sonho" é um filmaço! Relutei muito em ver, por conta de Titanic. Não que eu não goste de Titanic, mas, sabe como é... Titanic é Titanic! Mas, depois que li algumas críticas, resolvi me arriscar. A história parecia ótima, ainda havia a direção do Sam Mendes... Enfim... Criei coragem e fui! Não me arrependi.

Lendo aqui do lado sobre os filmes do mês. Ontem, revi no Cult, "Bonequinha De Luxo". Brincando com as palavras: que luxo de filme, né?! Tô até agora com Moon River na cabeça. E olha que já o vi não sei quantas vezes!

Ei, o blog de vocês mudou, né? Eu lembro de já tê-lo visitado outras vezes...

Se puderem me dar a honra:

www.marcelo-antunes.blogspot.com

Abração e sucesso!

Inez disse...

Não tinha inyeresse em assistir esse filme, mas lendo seu texto fiquei com vontade de ver.
Quanto a premiações muitas vezes tive muita curiosidade em saber os critérios utilizados nas escolhas porque muitas vezes atores, atrizes e até mesmo filmes muito bons não são premiados e outros não tão bons levam.

O Cara da Locadora disse...

Desculpem o tempo sem vir... Sobre o filme, é um dos mais tristes que vi e com interpretações sensacionais... Quem diria que o DiCaprio seria TUDO isso que ele é? Sensacional...

Luís / Renan disse...

MARCELO: Nossa, fiquei muito feliz, pos você parece ter gostado bastante das resenhas. O filme é realmente muito bom e só de ver a atuação de Kate Winslet já vale a pena. Quando assistir, comente aqui.

ROBERTO: Só pelos atores já dá pra esperar algo de bom. Quando ver, comente aqui.

ALEX: Michael Shannon consegue trazer cenas incríveis mesmo. É, há alguns pontos que ficam em aberto, mas acredito que o casal finge tão bem que tudo está bem que nem as pessoas próximas desconfiavam. Acho que o filme se torna recomendável pelo geral e principalmente pelas atuações.

KARINE: Foi na locadora? Se não foi, vá o mais rápido possível, pois Foi Apenas um Sonho é um belíssimos filme. Tenho certeza que você vais gostar da Kate Winslet =D. Sempre colocamos as informações abaixo da imagem pra facilitar.

RUBINHO: Siga as dicas de quem te indicou o filme e assista-o, garanto que não se arrepedera.

JOICE: É, a teoria é sua mesmo. Também prefiro Titanic e O Leitor, mas não se pode dizer que as atuações são ruins. Discordo de algumas partes serem irreais pois tudo que é mostrado faz parte do cotidiano.

CRISTIANO: Também prefiro ela em O Leitor. DiCaprio está bem, mas Kate está muito melhor. Que bom que gostou das resenhas.

WANESSA: Assista sim.

SOPA: Belo filme mesmo e que bom que voê gostou das resenhas =D. Visitei seu blog e achei o layout muito bonito, embora não entenda muito de poesias.

MARCELO: Sim, nosso blog mudou do Terra pra cá. Realmente o filme é muito bom. Direção convincente e atuações magníficas. Pode deixar que visitaremos seu blog sim.

INEZ: Assista sim, pois esse é um ótimo filme. Também tenho essa dúvida de saber quais são os critérios de votação, pois há filmes bons que não ganham e filmes "meia boca" que ganham.

O CARA DA LOCADORA: Nossa, também me impressionei com a atuação do DiCaprio, embora eu tenha gostado muito mais da atuação da Kate.

Renan