8 de nov de 2009

Melhor Atriz Coadjuvante - Oscar 2009

Há algum tempo atrás, um leitor do antigo blog nos deu a ideia de analisarmos as obras que concorreram a uma determinada categoria do Oscar e dizermos se concordamos com o prêmio ou se discordamos da escolha que foi feita. Logicamente que sabíamos não sermos aptos para discorrer sobre as 24 categorias presentes na cerimônia, então, nós selecionamos seis categorias e falaremos a respeito delas até o final desse ano e, talvez, até o começo do ano que vem. As categorias escolhidas foram: 1) Melhor Filme; 2) Melhor Atriz; 3) Melhor Ator; 4) Melhor Atriz Coadjuvante; 5) Melhor Ator Coadjuvante e 6) Melhor Roteiro. E hoje começamos falando sobre as cinco indicadas ao prêmio, com breves comentários a respeito delas e, por fim, diremos o que achamos da escolha da Academia. Os textos foram escritos por mim e pelo Renan. Eu escrevi sobre Penélope Cruz, Amy Adams e Taraji P. Henson; ele escreveu sobre Viola Davis e Marisa Tomei. Feita a introdução, vamos ao que interessa:


Viola Davis, por Dúvida - primeira indicação ao Oscar.
Viola Davis enfrenta alguns problemas com seu papel em Dúvida. Enquanto suas concorrentes têm grande participação do filme, Viola fica com uns 10 minutinhos. Realmente não acho que ela atuou mal, mas outras atrizes coadjuvantes - até Misty Upham, que não foi indicada por Rio Congelado - fizeram mais. Sua pequena participação em Dúvida (não nego, é boa) traz ao telespectador uma cena densa, mas logo que ela sai do filme, a trama principal faz o telespectador esquecê-la rapidamente.


Amy Adams, por Dúvida - segunda indicação ao Oscar.
Amy Adams está simplesmente encantadora em Dúvida. Embora já tenha visto filmes com ela nos quais atua em papel principal, acredito que ela se destaca muito mais quando é coadjuvante. Sua interpretação no filme – que rendeu indicações a todos os atores – é densa e muito bonita, nos provando que, mesmo jovem, é uma atriz talentosa. Sua indicação foi totalmente justificável, diferentemente do que aconteceu com sua parceira de elenco Viola Davis.



Taraji P. Henson, por O Curioso Caso de Benjamin Button - primeira indicação.
Sua participação no filme é fundamental, pois é ela quem dá carinho e protege o pequeno (e velho) Benajmin quando criança. Taraji se mostra bastante eficiente em sua atuação, bastante madura e significante. No tom correto, a atriz nos emociona com as atitudes de sua personagem e nos presenteia com sua presença em cena. Bastante justa a indicação.

Marisa Tomei, por O Lutador - terceira indicação ao Oscar.
Marisa Tomei tem o poder de encantar o público em O Lutador. Sua atuação é leve, fazendo com que simpatizemos de cara com ela. O casal formado por ela e Mickey Rourke também é agradável. Outro ponto a favor de Tomei é o corpo que ela exibe. Com 45 anos, Tomei deixa muita menininha com inveja de suas danças sensuais no longa. Voltando a atuação, como disse, esta é agradável, mas ela também sofre com as suas concorrentes que conseguem uma atuação mais eficiente dentro dos gêneros dos filmes nas quais estas estão concorrendo.

Penélope Cruz, por Vicky Cristina Barcelona - segunda indicação ao Oscar.
Penélope Cruz me cativou nesse filme. Recebeu sua segunda indicação ao Oscar ao interpretar a ex-mulher maluca do personagem de Javier Barden. Se em 2007 eu não havia entendido sua participação na lista das indicadas por Volver, esse ano eu compreendi absolutamente: ela está carismática, muito talentosa e esbanja sensualidade em todos os momentos em que aparece em cena. Belíssima, por fim.


Pois bem, apresentamos as indicadas e escrevemos um pouco sobre cada uma delas. Pelo que leram, vocês devem ter visto que, dentre as cinco, a única com a qual definitivamente não concordamos com a presença na lista é Viola Davis, cuja personagem, como o Renan bem disse, é esquecível tão logo que pensemos na trama em si. Sobre Marisa Tomei, embora sua participação mais se resuma a ficar pelada, achei-a simpaticíssima em O Lutador; Taraji, bastante austera e discreta, mostrou-se eficiente; Amy Adams, como a Irmã Jones, brilhou e Penélope Cruz me conquistou com seu charme espanhol. Vamos ao nosso veredito... Discordamos da opinião da Academia. Se fôssemos premiar uma delas, a vencedora seria Amy Adams, pela sua excelente e magnífica interpretação em Dúvida. Sua participação é extremamente importante e a atriz, em momento algum, nos faz duvidar de sua capacidade artística. Inquestionavelmente incontestável, Adams pôs-se à altura de Meryl Streep ao longo da trama e fez com que nós dois gostássemos muito de sua atuação. Certamente um momento memorável em sua carreira e um presente para os cinéfilos!

Luís e Renan

13 opiniões:

Cristiano Contreiras disse...

Adorei o post!

Bom, concordo em praticamente tudo, mas preciso pontuar:

- Penélope está magnífica e seu personagem é inesquecível no Vicky Cristina Barcelona, aliás: tudo que ela faz rende bons frutos...e como não ter entendido a indicação dela por Volver? Filme lindo, atuação também, precisamente valiosa.

Amy Adams atuou forte, precisamente, também. Não nego. Mas, concordo com a Academia.

Parabéns pelo post!

V disse...

Concordo plenamente com esse veredicto. Apesar de ter visto Dúvida no cinema sob vaias, não posso mentir em dizer que as atuações todas, cada uma delas, foram formidáveis, e Amy Adams encarnava à perfeição o papel de anjinho com remorsos!

E sobre essa Viola Davis, acho que a indicação não seria nem por causa DELA. È pelo tema que ela trata com tanta sinceridade: ela dá uma opinião sobre pedofilia que eu nunca tinha visto numa tela de cinema, nem nunca tinha pensado que pudesse ter uma mãe, em qualquer circunstância.

Abraços, pessoal!

Hugo Meira disse...

Parece mesmo que a Penelope conquistou o posto de queridinha no mundo dos filmes, a atuação e beleza unidas parecem ser imabtíveis...

Este blog deve dar muito trabalho, pois pelo que li vocês levam muito à sério as analises de filmes.

Há muito tempo não visito um blog tão profundo.

Espero, sinceramente que consiga uma audiência compátivel com o blog.

Ciro Hamen disse...

Galera, dessa vez eu concordo com a academia. Penélope Cruz realmente mereceu o prêmio. Amy Adams está muito boa também, mas Vicky Cristina Barcelona mereceu pelo menos esse prêmio. Fiz algo parecido no meu blog na época do Oscar. Aí vai o link: http://acentonegativo.blogspot.com/2009/02/oscar-2009-minhas-apostas.html

Abraços!

Brean disse...

E ai galera

Então, eu concordo com o Luis e com o Renan, porque Amy Adams esta MUITO boa mesmo no papel em Duvida, ela foi muito cativante, inocente, sensivel, e é uma bela atriz,(mas em beleza prefiro a Penelope), e foi injusto na minha opinião ela nao ter ganho a estatueta.
Espero assistir a mais filmes dela, depois de Duvida, como atriz principal, porque ela com certeza disperto muitos intereces.




Abraços a todos

Fábio disse...

Essa é uma das tarefas mais difíceis...escolher o melhor , fico tentando escolher a Penélope por eu ser um grande fã do Woody Allen...

Daniel Silva disse...

Desses, assisti só o Benjamim Button e o Lutador. São dois ótimos filmes, mas não sei se as atuações delas valeram as indicações. Não consigo escolher qual filme é melhor, então dá empate. hehe

abraço

Kamila disse...

Dentre as que foram indicadas, eu concordo com a vitória da Penelope Cruz. A atuação dela era a melhor mesmo. Entretanto, a espanhola só venceu porque a Academia fez o favor de indicar Kate Winslet em Melhor Atriz. Quem era pra ter vencido nesta categoria era a Kate, não a Penelope!

Marcelo Augusto Cetreus disse...

Com certeza, concordo com vocês. Amy representou uma verdadeira jóia de atuação. A maioria das escolhidas fizeram um bom trabalho, mas acredito que a emotividade de suas personagens tiveram um peso considerável na trama. As escolhas representaram uma frágil e fraca compilação de atrizes. Mas acredito que o nível foi verdadeiramente baixo durante o ano. Penelope não me atingiu pessoalmente. Sim, ela fez um bom trabalho, mas não foi nada substancial. Na duvida, fico com Amy.( trocadilho horrível ). Abraços

Joice disse...

Eu discordo completamente da academia e concordo plenamente com vcs, meninos. Amei Vick Cristina, mas a Amy tá mmttoo melhor em Dúvida.

ps: amei a idéia das análises, tão de parabéns ;)

Ricardo Martins disse...

Concordo com vocês, Amy Adams merecia o OSCAR! Grande atriz que espero que estoure mais ainda. E recentemente ela como Amelia Earhart em Uma Noite no Museu 2, papel simples mas que conquista com sua simplicidade e simpatia como atriz!

ABRAÇO

Luís / Renan disse...

CRISTIANO, não sei afirmar se "tudo que ela faz rende bons frutos", mas que em VCB ela está lindíssima, isso é verdade! Já Volver, na minha opinião, é supervalorizado.

V, que bom que você concorda! Amy Adams realmente está magnífica e inesquecível. Vê-la atuando foi um presente. Quanto à Viola Davis, não havia pensado sob essa perspectiva; é realmente possível que sua indicação se deva à função da personagem de trazer uma opinião "fora do senso comum". Mas por que viu o filme sob vaias?

HUGO MEIRA, pela primeira vez, Penélope me deixou com o queixo caído diante de tanta simpatia. E às vezes temos mesmo muito trabalho com o blog, mas nós realmente gostamos disso. Então, vale a pena. Obrigado pelo elogio e pelo desejo de nos ver suceder.

CIRO, eu fiquei bem em dúvida entre quais das duas eu prefiria. Mas eu ainda acho que Adams conseguiu reunir o que há de melhor em si e nos mostrou isso. Eu fui ver o post que você preparou e tenho muito a dizer, mas farei isso lá no Acento Negativo, no post correspondente.

BREAN, primeiro quero dizer que é bom tê-lo de volta no nosso novo blog. Você é um dos nossos melhores leitores! Você foi o primeiro a concordar conosco; todos parecem preferir Penélope. Em seu comentário, disse que quer ver a mais filmes com ela, então eu aproveito para sugerir que veja "Retratos de Família". Infelizmente, o filme não é tão interessante assim, mas Amy Adams está no elenco e sua interpretação é belíssima e totalmente cativante. Aliás, agora me lembrei: você realmente verá esse filme.

FÁBIO, na verdade, não é uma tarefa tão difícil assim. As reais candidatas eram duas: Amy Adams e Penélope Cruz. Recomendo que você assista Dúvida. Pode gostar do filme...

DANIEL, acho que as atuações de Taraji e Marisa foram merecidas; a primeira foi mais bem aproveitada enquanto a segunda mostrou-se muito mais carismática. Não ouso escolher entre uma delas também...

KAMILA, concordo totalmente! Penélope só venceu porque a Academia indicou Kate Winslet numa categoria que não era a dela. Acho que a segunda opção seria Cruz, caso Winslet fosse indicada. Ainda prefiro Amy Adams!

MARCELO, sem dúvidas, eu prefiro Amy Adams. A lista de atrizes esse ano foi meio fraca; estou com saudades de uma lista com candidatas fortes. Quem veremos uma disputa entre Meryl, Judi, Winslet, Blanchett e Kidman?! Tomara que vejamos isso.

JOICE, nós também achamos interessante essa avaliação. Ficamos muito contentes em saber que você concorda plenamente conosco, afinal, muitos têm discordado. Também gostei de VCB, mas... o prêmio era de Amy Adams.

RICARDO, que bom que você concorda conosco. Também espero que ela estoure ainda mais. Li que se estabeleceu entre ela e Meryl uma relação de aprendiz e mestre; se for verdade, provavelmente veremos grandes atuações. Mas me disseram que ela não está bem em Uma Noite no Museu 2.

Luís

Ewerton Mera disse...

Realmente a indicação de Viola Davis foi complicada. Sua atuação foi ótima em Dúvida, mas seu tempo em cena causa injustiça nas demais. Sou suspeito de elogiar a Penélope. Ela é simplesmente bárbara! Apesar de eu ainda não ter assistido Vicky Cristina Barcelona, acredito fielmente de sua provável ótima interpretação.

:)